Fim do Mundo

(Rafael Pompeu)

É o fim do mundo de novo
Prepare-se pro que vier
É o fim do mundo pra todos
Homem, soldado, viado e mulher

A qualquer hora tudo pode acabar
A qualquer hora tudo pode ruir
A qualquer hora nada pode sobrar
A qualquer hora tudo por e vai…

É o fim da humanidade
De toda uma geração
É o fim da impunidade
Do sexo sem proteção

É o fim do protecionismo
E da divisão racial
É o fim de todas florestas
De todo reino animal

A qualquer hora tudo pode acabar
A qualquer hora tudo pode ruir
A qualquer hora nada pode sobrar
A qualquer hora tudo por e vai…

É o fim do voto secreto
É o fim da corrupção
É o fim de um cara sem teto
E do outro lá na mansão

A qualquer hora tudo pode acabar
A qualquer hora tudo pode ruir
A qualquer hora nada pode sobrar
A qualquer hora tudo por e vai…

É o fim do mundo!
É o fim do mundo!
É o fim do mundo!
É o fim do mundo!