De Olho no Amanhã

(Música: Rafael Pompeu / Roberto Oliveira – Letra: Rafael Pompeu)

Vivendo pra esquecer
Eu nego a solidão
O que já foi, já era
Não tem mais solução

Eu penso no futuro
Nas coisas que eu não vi
Conhecer novas pessoas
Sair logo daqui

De olho no amanhã
Tudo vai ser melhor
Do olho no amanhã

O próxima passo
É o mais difícil, sempre
Mas isso não pode (não vai)
Assustar a gente

De cabeça erguida
Sem nunca olhar pra trás
Fazer de um novo jeito
Aquilo que ninguém faz

De olho no amanhã
Tudo vai ser melhor
Do olho no amanhã

Hoje
É o ontem
De amanhã
Pra sempre

De olho no amanhã
De olho no amanhã
De olho no amanhã
De olho no amanhã